Amapá terá primeiro vestibular para medicina

O deputado Sebastião Bala Rocha (PDT) garantiu, ontem, 4, que o Curso de Medicina será instalado entre o fim deste e o início do próximo ano, com a realização do primeiro vestibular ainda em 2008. “Tivemos uma vitória muito grande graças ao estabelecimento de um acordo de cooperação entre o os governos do Estado e do Distrito Federal para a instalação do curso de Medicina no Amapá”, disse o parlamentar..


Segundo Bala Rocha, que é médico, trata-se de um antigo anseio da população e que agora será concretizado: “Temos todas as condições, inclusive de infra-estrutura para instalarmos o curso de Medicina, mas somente agora, no governo Waldez, estamos conseguido tornar esse sonho realidade”.
O curso de Medicina que será instalado no município é seguindo o modelo PBL, sigla em inglês, que em português significa “ensino baseado em problemas”: “É um método revolucionário que já existe no Brasil há 11 anos, tendo como pioneira a Universidade de Marília, em São Paulo, e que se ramificou em vários estados brasileiros, inclusive no Distrito Federal, cuja faculdade é subordinada diretamente à secretaria de saúde do DF, gestão essa que se diferencia de outros estados”, explica o também médico Dalto Martins, deputado estadual pelo PMDB, que também estava presente no encontro.
 
Para Dalto Martins, que junto com Bala Rocha é um dos grandes entusiastas da implantação do curso de Medicina no estado, agora é o momento não apenas de comemorar, como principalmente viabilizar o projeto: “Já temos a garantia do governo do Distrito Federal e da própria direção da Faculdade de Medicina do DF, da operacionalização da cooperação técnica, que é vital para que o curso seja criado no Amapá a curto prazo, preenchendo de vez essa lacuna, providência tão reclamada pela nossa juventude”, concluiu o parlamentar. (Pedro de Paula) 

    

Diário do Amapá