Ação da Mulher Trabalhista elege no Sudeste

A Ação da Mulher Trabalhista do PDT (AMT) elegeu os diretórios da Região Sudeste (MG, SP e ES), no seminário Maneira Pedetista de Ser, que se realizou no dia 25 de agosto (sábado), de 8h as 18h no CREA. O Seminário contou com a participação de 27 municípios mineiros e foi o começo de um ciclo de atividades organizadas que irão preparar as mulheres do partido para as eleições de 2008.

Com cerca de 370 participantes, incluindo os de São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, o seminário debateu a questão da participação feminina nas eleições. “É preciso garantir os mandatos das mulheres que já detém cargos eletivos e aumentar esse número nas próximas eleições. Além disso, é preciso valorizar as candidatas femininas, as mulheres precisam começar a votar em mulher”, disse Miguelina Vecchio, presidenta Nacional da AMT.

Miguelina Vecchio afirmou ainda, que a falta de unidade entre as mulheres faz com que elas não cheguem ao poder. “Somos a maioria da população brasileira e a minoria no processo social. Isso só vai mudar quando todas as mulheres se unirem num mesmo ideal”.

Eunice Cabral, presidenta da AMT/SP e presidenta do Sindicato das Costureiras de Osasco e SP, lembrou sua história de luta e salientou a importância da mulher conquistar seu espaço nas instâncias de poder. “Está na hora de deixarmos de ser meras eleitoras”, disse.

Eleição

Todos os diretórios foram eleitos com quase totalidade dos votos das delegadas presentes. Em Minas Gerais foram 144 votos a favor. Em São Paulo foram 66 delegadas, sendo 65 a favor e um contra. No Espírito Santo 44 delegadas votaram a favor. A chapa de cada estado é composta por 86 mulheres que são membros titulares e 16 suplentes.

Para Sírley Soalheiro, vice-presidenta da AMT Região Sudeste e presidenta da AMT/MG, o resultado da eleição – que foi direta e secreta – é a prova de que seu trabalho junto à AMT tem dado resultados positivos. “Foi árdua a nossa tarefa de iniciar o movimento da AMT em Minas Gerais, mas estamos aqui com nossas conquistas e pela primeira vez elegendo os diretórios da AMT da região Sudeste”, falou ela em seu discurso de abertura.

Além da eleição dos diretórios e das palestras, o evento fez uma homenagem aos 53 anos da morte de Getúlio Vargas, lembrando inclusive que o ex-presidente aprovou o novo Código Eleitoral contendo o direito do voto feminino.

    

PDT /MG