Câmara de Bombinhas (SC) aprova projeto que denomina “Centro de Educação Integral Leonel de Moura Brizola”

Ascom Prefeitura de Bombinhas10/05/2017

Localizada no bairro de Bombas, o Centro atenderá cerca de 1.500 estudantes do 6º ao 9º ano.

A Câmara de Vereadores de Bombinhas (SC) aprovou, nessa segunda-feira (8), por oito votos a um, o projeto de Lei nº 10/2017, que denomina oficialmente o Centro de Educação Integral, a ser inaugurado no final deste ano, como “Leonel de Moura Brizola”. A proposta é de autoria dos vereadores pedetistas Edion Odorizzi, Márcia Odete Pinheiro, Flávio Henrique de Souza, Lourdes Matias e de Alan Alir de Souza (PSB).

De acordo com o vereadores, a homenagem a Brizola é justa, devido à sua luta por uma educação de qualidade em nosso país. Brizola foi governador do Rio Grande do Sul e também do Rio de Janeiro, onde deixou como marco principal de sua gestão a construção dos Centros Integrados de Educação Pública (Cieps) – escolas em horário integral com assistência médico-odontológica.

Após a reeleição como governador do Rio de Janeiro, o governo federal e Brizola se aproximaram, tendo por base a construção de 635 Centros Integrados de Apoio à Criança, escolas de tempo integral criadas pelo Governo Federal inspiradas nos Cieps.

E é graças a esse histórico de interesse nas áreas da Educação e do Trabalhismo, que a prefeita de Bombinhas, Ana Paula da Silva (PDT), conseguiu, junto ao Governo Federal, os recursos para tornar realidade o sonho do Centro de Educação Integral em Bombinhas.

Inspirada pelos ideais do líder Brizola, a prefeita Ana Paula da Silva (PDT) conseguiu recursos para realizar o sonho do Centro de Educação Integral em Bombinhas.

“Essa escola integral é o nosso verdadeiro legado a Bombinhas. Nossas crianças terão um espaço digno e totalmente voltado para a formação integral e cidadania. Nosso sonho se realiza quando podemos fazer essa homenagem a um homem que tanto lutou pela educação em nosso país”, falou emocionada a prefeita Ana Paula da Silva (PDT-SC) linha ao término da votação.

Localizada no bairro de Bombas, o Centro atenderá cerca de 1.500 estudantes do 6º ao 9º ano. O horário das aulas se estenderá das 8h às 17h, oferecendo, além do currículo regular, refeições completas aos alunos, além de atividades culturais, estudos dirigidos, línguas estrangeiras e educação física e serão fornecidas.