PDT venceu em municípios estratégicos em MS

Presidente regional do PDT, o deputado estadual Ary Rigo acredita que o partido tem bons motivos para comemorar como as conquistas das prefeituras de Dourados e de Paranaíba. Em Dourados, a vitória foi sobre o candidato do PT, partido que administra a Capital, e contra o candidato do governador André Puccinelli (PMDB). O deputado estadual licenciado Ari Artuzzi (PDT) disputou a eleição contra Wilson Biasotto (PT) e Murilo Zauith (DEM). Para Rigo, a vitória de Artuzi em Dourados mostra que “é hora de os grandes partidos fazerem uma reflexão” sobre os rumos da política em Mato Grosso do Sul. “Isso mostra uma insatisfação da população com o que está aí”, diz. Ele entende que a insatisfação da população douradense é tanto com relação a administração municipal quanto a estadual.

O PDT é uma dos partidos que compõem a base aliada do governo na Assembléia Legislativa. Mesmo batendo de frente contra o governador na disputa por Dourados, Rigo lembra que isso não significa que o partido vá fazer oposição no Legislativo estadual. “Na eleição o André entrou com o Murilo e nós com o Artuzi, mas isso não significa um rompimento na Assembléia. Em Dourados foi somente uma disputa eleitoral”. Artuzi venceu com 42% dos votos válidos, Zauith teve 37%. Já em Paranaíba, o PDT elegeu Zé Braquiara. No entanto, o PDT também teve derrotas eleitorais significativas nesta eleição. Moacyr Kohl, que concorria a reeleição e que já foi ex-governador, perdeu a eleição. Em Nova Andradina, Milton Sena (PDT) também perdeu a disputa. O PDT disputou as prefeituras de 23 municípios. Rigo não soube dizer em quantos o partido venceu.