PDT traça metas para 2010

Executiva Nacional do PDT reunida nesta segunda-feira, 1º de dezembro, no Hotel Nacional, em Brasília, fez um balanço positivo das eleições municipais de 2008 e discutiu propostas com o objetivo de traçar estratégias para o pleito de 2010.
Ao dar início à reunião, o presidente nacional do partido e líder da bancada na Câmara dos Deputados, Vieira da Cunha(RS), saudou toda a militância e candidatos da legenda pela atuação nas eleições. “Parabenizo a todos do PDT que concorreram nessas eleições que tenham ou não obtido sucesso. É participando ativamente do processo eleitoral que fortalecemos o regime democrático”, disse Vieira.

O resultado das urnas das eleições municipais de 2008 mostrou a força do PDT. De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o partido obteve 6.290.583 votos para prefeito e 6.730.768 para vereador. O presidente nacional do partido e líder da bancada na Câmara dos Deputados, Vieira da Cunha(RS), destacou o crescimento do PDT nas eleições municipais deste ano. “Elegemos 350 prefeitos e 3.522 vereadores, um salto de mais de meio milhão de votos em relação a 2004. Saímos dessas eleições consolidados como uma das principais forças partidárias do país”, declarou Vieira

Com os números das eleições deste ano, o PDT é uma das seis legendas mais bem votadas do país. Os estados onde o partido elegeu o maior número de prefeitos foram Maranhão (65), Rio Grande do Sul (65), Paraná (38), Sergipe (11) e Amapá (4). A quantidade de representantes nas câmaras municipais também merece destaque. Foram eleitos 696 vereadores no Rio Grande do Sul, 250 no Maranhão, 354 no Paraná e 110 em Pernambuco. Para citar alguns exemplos.

O evento contou com a presença do Ministro do Trabalho e Emprego, Carlos Lupi, do governador do Amapá Waldez Góes, do senador Cristovam Buarque(DF), dos deputados federais Mário Heringer(MG), Severiano Alves(BA), Paulo Pereira da Silva(SP), Dagoberto Nogueira(MT), Manato(ES), Brizola Neto(RJ), Julião Amin,(MA), Damião Feliciano(PB), Arnaldo Vianna(RJ), Giovanni Queiroz(PA), dos prefeitos eleitos de Macapá(AP), Roberto Goés, de Serra(ES), Sérgio Vidigal – que conquistou 94% dos votos válidos no município que tem mais de 200 mil eleitores; de dirigentes estaduais, presidentes de movimentos partidários e militantes, entre outros.

Além da avaliação das eleições, no encontro foram apresentadas propostas voltadas para eleições de 2010 como a elaboração de um documento oficial sugerindo a prefeitos, vereadores, governadores como proceder em questões que são compromissos programáticos do partido, como educação, meio ambiente, trabalho e previdência.

lia