PDT quer Lessa candidato a prefeito de Maceió

PDT quer Lessa candidato a prefeito de Maceió

A direção estadual do PDT decidiu na quinta-feira que não abre mão de uma candidatura própria para Maceió. A decisão mais recente do partido foi estabelecer condições para apontar o nome do ex-governador de Alagoas, Ronaldo Lessa, atualmente exercendo o cargo de secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a partir de uma união de forças com outros partidos de esquerda.

“Não era o meu projeto, mas não vejo nenhum problema o partido optar por uma candidatura própria. É necessário ampliar o debate, analisar profundamente todas as decisões e buscar um entendimento com outras legendas, embora considere ser muito cedo fazer essa discussão”, avalia Lessa.

O ex-governador, que na última eleição para o Senado Federal obteve em média de 160 mil votos em Maceió, é cauteloso ao analisar o atual quadro político na Capital: “Vamos aguardar porque na política as coisas mudam inesperadamente, mas sabemos que se trata de um grande desafio”, comenta.
Mesmo defendendo uma candidatura à prefeitura de Maceió, a executiva pedetista, diz que o diálogo e entendimentos com situação e oposição não estão encerrados.

Os pedetistas também discutiram as arrumações nos diretórios municipais com o objetivo de fortalecer a sigla para as eleições do próximo ano. Para isso, o consenso dos dirigentes aponta para os movimentos sociais, entidade de classes, igrejas e lideranças que possam desenvolver a bandeira do PDT nos municípios alagoanos. “Todas as alianças, visando 2008, serão de acordo com as orientações da direção estadual” avisa Heth César.

O PDT também decidiu que reunirá suas lideranças em cidades estratégicas como Arapiraca, Santana do Ipanema, Palmeira dos Índios, União do Palmares, Matriz de Camaragibe, entre outras, numa tentativa de aproximar a base e ampliar o debate sobre o partido e as eleições de 2008.

Primeira Edição.com