PDT oficializa apoio a Michel Temer e saída do Bloco

Reunião da Executiva Nacional do PDT com a bancada de deputados do partido decidiu, por unanimidade, na tarde desta quarta-feira(21) apoiar às candidaturas de Michel Temer (PMDB-SP) e Tião Viana (PT-AC) para as presidências da Câmara e do Senado, respectivamente. “Hoje, fazendo uma análise do quadro decidimos apoiar Michel Temer, em quem nós encontramos todos os atributos necessários para presidir a Câmara. Estamos fazendo o melhor para o nosso Parlamento, declarou o líder do PDT, deputado Vieira da Cunha. O pedetista disse ainda que no Senado a decisão de apoiar Tião Viana foi tomada em conjunto com partido há algum tempo.
O ministro do Trabalho, Carlos Lupi afirmou que essa decisão demonstra o partido trabalha pelo equilíbrio da República. “Estamos fechados com a correlação que garante a democracia: Temer na Câmara e Tião no Senado, declarou o ministro.

Na ocasião o PDT decidiu também pelo fim da sua participação no Bloco de Esquerda, o “bloquinho” na Câmara, que reúne seis partidos – PSB,PDT, PCdoB, PMN, PRB. “Nosso desligamento do bloco não significa uma ruptura, nós do PDT vamos continuar tendo uma relação política com todos os partidos que integram o bloco, com quem temos afinidades históricas,” acrescentou Vieira.

A escolha do novo líder, a definição das comissões e cargos da mesa serão discutidos na próxima semana.