PDT desautoriza candidaturas avulsas

PDT desautoriza candidaturas avulsas

Em nota oficial, o líder do PDT, deputado Vieira da Cunha (RS), desautorizou as candidaturas avulsas e reiterou compromisso político com candidatos escolhidos pelos partidos que compõem o “Bloco da Instituição”. A seguir íntegra da nota:

1) A Bancada do Partido Democrático Trabalhista reitera o seu compromisso político e ético de votar nos candidatos escolhidos pelos respectivos partidos que compõem o “Bloco da Instituição” (PMDB, PT, PSDB, DEM, PR, PDT, PTB, PV, PPS, PSC, PHS, PTdoB, PTC e PRB).

2) Lamenta profundamente que dois membros da Bancada – apesar dos apelos para que não o fizessem – tenham registrado “candidaturas avulsas”, as quais não têm o nosso aval.

3) A candidatura do PDT à Mesa Diretora é a do deputado Giovanni Queiroz (PDT-PA), vencedor de democrática disputa interna, para quem pedimos o voto de todos os colegas para uma das suplências.

4) Anunciamos, por fim, que serão tomadas as medidas partidárias disciplinares cabíveis em relação às candidaturas dissidentes.

Brasília (DF), 02 de fevereiro de 2009.

DEP.VIEIRA DA CUNHA,
Líder do PDT.